quarta-feira, junho 17, 2015

O Show dos Backstreet Boys em Porto Alegre!

O Show dos Backstreet Boys em Porto Alegre não foi uma viagem no tempo! A forma como os jornalistas descreveram os eventos no país demonstram que eles não entenderam o fenômeno. Ao contrário do que foi "noticiado" em diversos jornais e portais na semana em que os Backstreet Boys esteviveram no Brasil, o que se viu foi: uma banda de ex-garotos hoje homens maduros, com família e etc, que seguiu trabalhando, com muita noção de que já não são mais uma "boy band".


Foto: Carmen Brasiliense
G1, Zero Hora e outros portais ao noticiar o alvoroço causado pela vinda dos Backstreet Boys insistiram em "fãs querendo reviver", "mulheres voltaram à adolescência", alguns tiveram a indecente ideia de criticar o comportamento dos caras da "banda" por estarem velhos demais. Quando iniciaram as vendas dos ingressos para os shows deles no Brasil, com pacotes VIPs que davam direito a assistir Sound Check, a tirar fotos com eles e a participar de festas com os integrantes do grupo, o sucesso (ingressos esgotados em poucas horas) foi imediatamente relacionado com nostalgia. E o que aconteceu foi uma total falta de noção do que estava acontecendo.

Os Backstreet Boys nunca saíram de cena para os fãs, ainda que tenham saído da mídia depois de 2003/2004. Graças à tecnologia, internet e facilidade para produções independentes, os caras seguiram trabalhando, e os fãs nunca os abandonaram. Com o lançamento do último álbum 100% independente (sem esquecer do conhecimento obtido pelas interações no meio digital), o Brasil foi inteligentemente incluído na turnê mundial, e pela primeira vez eles passaram por mais cidades, com maior número de shows. Esse foi o detalhe que desencadeou o delírio: de fato quando a banda estava no seu auge, muitas fãs eram adolescentes e não puderam sair de suas cidades/estados para ir aos show de Rio e SP. Mas, não foi só isso! (Eu estive no show de São Paulo, fui de Ônibus, 20h de viagem, um caos. Desde então fiquei esperando vê-los aqui, em Porto Alegre, e valeu a espera).

A produção independente para uma banda pop representa uma liberdade nunca antes vista. Sem gravadora, produtores ou empresários pensando no lucro. Trata-se de um trabalho de fato autoral. Os caras, com o conhecimento sobre o seu público, que entendem o que os fãs esperam, mais a sua própria vontade. Uma negociação entre os cinco e o resultado é um álbum como "In a World Like This". Para qualquer pessoa no mundo, só mais um álbum pop, para os fãs, a verdade, e que grata surpresa. Melhor do que "This is us" (na minha opinião), e respeitando a trajetória do grupo. É perfeito.

Depois foi a vez de um show "independente", e o resultado está aí nessa turnê. Eles por eles mesmo, fazendo o que gostam, divertindo o público e a eles mesmos. Os caras montaram um set list perfeito para quem acompanhou a banda desde 1995. Eles não estão mais presos às coreografias, mas as fazem, porque querem, e porque é muito divertido. Mas, engana-se quem pensa que eles fazem isso com a pretensão de enganar o público. É uma brincadeira, e eles riem de si mesmos, pelo avanço da idade, e por já não terem o mesmo pique. Sim, menciona-se o tempo transcorrido, respeita-se isso, ninguém lá está com crise de "peter pan".

Foto: Sabrina Mendes
Percebe-se que: eles são artistas que sabem e gostam de fazer aquilo, e por outro lado, tem fãs que querem vê-los fazer o que eles sabem e gostam de fazer. O resultado é um show divertido, muito mais encantador do que nostálgico. A satisfação ao final do show é geral, e todos saem querendo mais. Quem pagou pelo After Party sente-se feliz por ter mais uma oportunidade de estar com eles, quem não comprou VIPs sente por não ter mais e já fica contando os dias para o próximo show.

Quantos artistas conseguem um resultado parecido? Invejosos insistem em tentar (em vão) desmerecer o talento e o carisma dos Boys, a credibilidade das pessoas que perdem seu tempo com Backstreet Boys, mas eles são um sucesso. Não dá pra negar. Depois de 22 anos de estrada, uma boyband PODE fazer shows, festas, meets e cruzeiros, o que eles quiserem, e sempre terão um público querendo mais e mais... Isso não é mais uma questão de sorte, de "força de marketing" ou engodo para adolescentes e mulheres querendo reviver seus 15 anos.

Qualquer um pode ver que tem "algo mais" nessa história, porque não existe loucura coletiva que perdure por mais de 15 anos (tempo de sucesso massivo no Brasil). E, sabem do que mais? Nenhum fã se incomoda mais com essas críticas preconceituosas, nem mesmo eles, todos evoluímos. Temos o direito de gostar e de ouvir a música que nos interessa, e de ser fã do que quisermos ser.

Para explicar o fenômeno da forma mais simples possível e argumentar em defesa das fãs de tantos anos, informo que havia uma regra em 1998 que determinava: não existe ex-fã de Backstreet Boys. Se alguém deixar de ser fã, nunca foi fã de verdade. Por isso, podem se passar mais 22 anos, enquanto eles puderem cantar, ou mesmo se vierem por vir, a volta deles será sempre sucesso garantido - todos nós sabemos disso, inclusive eles.


E aqui o único registro em vídeo feito por mim, porque o que eu queria mesmo era aproveitar cada segundo desse show inesquecível!




E que venham mais 22 anos, com pelo menos um show por ano! :P

31 comentários:

  1. Só amei! Obrigada pelo texto!

    ResponderExcluir
  2. Perfeito! Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  3. Dani, obrigada pelo texto mais lindo e sensato que li sobre o show!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei o "sensato"!! heheh
      Só não poderia ter deixado de dar a minha versão desse fato. Obrigada!! :D

      Excluir
  4. Espero que eles voltem logo !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que mais queremos, né? :D

      Excluir
  5. Francelle18/6/15 11:44

    Ótimo texto, e traduziu perfeitamente a minha opinião também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Francelle. Fico feliz em saber. Obrigada!!

      Excluir
  6. Seu texto é irretocável. Conseguiste descrever absolutamente tudo o que uma fã sente e sentiu naquele dia. Concordo, quem é fã deles para sempre será fã, e sempre estará torcendo por sua realização e felicidade, muito acima da aceitação ou da perfeição. Parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
  7. liinnndooooo esse texto!!! traduziu muito bem esse reboliço.. rsrs

    BSB 4 ever..

    esses caras realmente são mais q uma boy band..
    obrigada pelas belas palavras..e que um dia eles possam ler isso!!! =D <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lari!! Fiquei muito feliz em saber que fãs, assim como eu, tenham gostado tanto!! :D

      Excluir
  8. Eu cansei de ter que justificar pras pessoas quando dizia "eu vou no show dos BSB" e todos sempre "eles voltaram?/ainda existem?". Agora já vou direto ao ponto "eu e mais milhares de fãs esgotamos os ingressos para os 8 shows no Brasil. Ahh... e se voltarem novamente eu vou estar lá!".
    Eu tive bandas que curtia na adolescência e por lá ficaram como os Hanson, mas amor igual ao BSB e por tanto tempo.. é algo que sabemos que nunca vai morrer. Cada ano se torna maior e agora além da loucura a gente consegue parar e admirar o trabalho como um todo.
    Kisses

    ResponderExcluir
  9. Meu Deus, que texto lindo, cheguei a me arrepirar! simplesmente sensacional! E essa é a sensação de todo fã de verdade, fã que os ama independente dos anos e da juventude deles... sabemos que o tempo passou não só pra eles, mas pra nós, e queremos mesmo é curtir tudo isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? Tantas bandas e artistas trabalhando enquanto tem saúde, porque com eles seria diferente!!! :)
      Obrigada pelo comentário aqui. :D

      Excluir
  10. Como eles cantam em Everybody "As long as there'll be music, we'll be coming back again". Que eles façam muita música ainda, e voltem mais vezes. Também quero um show por ano, quero VIP, pq lerdei e perdi.
    E concordo com você em tudo, principalmente que não existe ex-fã e o show é encantador. Não queria que acabasse!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso, Silvia. Estamos juntas! heheh
      Obrigada por compartilhar a sua opinião aqui.

      Excluir
  11. Perfeito!
    Obrigada!
    A mídia brasileira precisa ler isso! Falaram tanta abobrinha.
    Sempre foram e sempre serão!
    Beiju

    ResponderExcluir
  12. Perfeito!
    Obrigada!
    A mídia brasileira precisa ler isso! Falaram tanta abobrinha.
    Sempre foram e sempre serão!
    Beiju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra mim já é muito legal ver o quanto outras fãs curtiram o texto. A mídia que se lixe! :D

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Perfeita suas palavras para definir nosso amor pelos Boys eu os amo ontem hoje e sempre e não abro mão desse amor afinal Backstreet Boys está no coração,está na alma e está no sangue!

    ResponderExcluir
  15. Perfeita suas palavras para definir nosso amor pelos Boys eu os amo ontem hoje e sempre e não abro mão desse amor afinal Backstreet Boys está no coração,está na alma e está no sangue!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso, uma vez fã, sempre fã! :D

      Excluir
  16. Amei o texto, é uma bela de uma correção sobre a passagem deles aqui e sobre os anos de carreira que se seguiram após o boom dos anos 2000. Obrigada!

    ResponderExcluir
  17. Há 1 ano li esse post e quero hoje dizer que amo estar cada dia mais próxima dos backstreetboys, depois de ver show deles em 2009, 2011 e 2015. Ainda teve o cruzeiro. Quero agradecer por expressar tão bem a realidade do verdadeiro resultado do trabalho dos Backstreetboys... amor que só quem vive algo parecido compreende!

    ResponderExcluir

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...